F1: Depois de 29 anos Austrália conquista uma pole-position

Com a conquista de sua primeira pole-position neste sábado (11/07), em Nürburgring, na Alemanha, Mark Webber quebrou um jejum de 29 anos sem que um australiano saísse na posição de honra em uma prova de Fórmula 1.

Também na Alemanha, só que em Hockenheim, no dia 09 de agosto de 1980, Alan Jones colocou a sua Williams-Ford na pole-position para o GP da Alemanha. Foi a sexta e última pole na carreira de Jones, que se sagraria Campeão Mundial naquela temporada. Dois brasileiros estavam no grid: O então novato Nelson Piquet, de Brabham-Ford, que largou em 5º e Emerson Fittipaldi, fazendo a sua temporada de despedida da categoria com um Fittipaldi-Ford, na 12ª posição. O francês Jacques Laffite, de Ligier-Ford, venceu a prova, seguido pelo argentino Carlos Reutimann, de Williams-Ford, e Jones. Piquet foi 4º e Fittipaldi abandonou.  

17 pilotos australianos já passaram pela F-1(o primeiro foi Tony Gaze que estreou na Bélgica em 1952). Jack Brabham em 1959, 1960 e 1966 e Jones, em 1980, conquistaram o mundial.

Com a conquista de Webber são 20 poles. Foram 26 vitórias, sendo 14 de Brabham e 12 de Jones. Webber ainda persegue a primeira vitória, tendo três segundos e três terceiros lugares em 131 GPs disputados. Apenas mais um australiano tem um resultado significativo na F-1, Tim Schenken, que foi 3º colocado, com um Brabham-Ford, na Áustria em 1971.  Os demais 14 pilotos não somaram nenhum ponto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *