F1: Difusores de Williams e Toyota seriam legais, diz publicação

Os novos difusores das equipes Williams e Toyota causaram polêmica na Fórmula 1. No entanto, as duas equipes acreditam que seus equipamentos são legais. De acordo com a revista Motorsport Aktuel, é provável que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) não intervenha nesta questão.

Na semana passada, vários times da Fórmula 1 reclamaram da suposta irregularidade dos desenhos das duas equipes. Com uma nova solução aerodinâmica, Williams e Toyota poderia ter aproveitado uma brecha no regulamento que determina a altura máxima do difusor, de 175 milímetros.

No entanto, de acordo com a publicação suíça, os equipamentos projetados pelas duas equipes para a disputa desta temporada cumprem a regulamentação técnica. Em uma análise publicada no site oficial da Fórmula 1, o desenho da Toyota é descrito como “muito interessante” e o da Williams, como “altamente inovador”.

Em ambos os casos, as duas equipes desenvolveram uma estrutura diferenciada na parte traseira do carro que, na prática, incrementa a altura do difusor. Acredita-se que os dois monopostos, que contam com o mesmo propulsor, receberam um esclarecimento em separado da FIA sobre o regulamento para 2009.

A entidade não confirmou oficialmente a legalidade dos desenhos, já que os times rivais podem apresentar um protesto oficial apenas no momento em que os carros sejam apresentados para a verificação técnica prévia à primeira corrida da temporada, no dia 29 de março, em Melbourne.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *