F1: Dirigente da Mercedes admite que volta de Schumi seria “fascinante”

Enquanto as especulações sobre a volta de Michael Schumacher à Fórmula 1 com a Mercedes GP não param, o diretor executivo da equipe, Nick Fry, declara que a volta do alemão seria “fascinante” para o esporte.

Durante o Fórum de Negócios do Automobilismo em Mônaco, Fry não quis discutir as possibilidades de Schumi se juntar à Mercedes GP, mas admitiu que acha interessante a possível volta do alemão e também do canadense Jacques Villeneuve, que está de olho em uma vaga na Fórmula 1.
“Acho que tanto o Michael quanto outro campeão mundial adicionaria um elemento muito interessante. Poderia alguém de 40 ou 41 anos competir contra alguém de 24? Em outros esportes, as pessoas têm provado que continuam competentes mesmo nessa idade, e eu penso que a volta deles traria outro aspecto fascinante”, comentou Fry.
Sobre o anúncio do companheiro de Nico Rosberg na Mercedes em 2010, Fry despistou, mas desmentiu os boatos de que a montadora vai priorizar uma dupla alemã. “Podemos anunciar algo antes do Natal, mas é mais provável que seja no começo de janeiro”, avisou.
“A nacionalidade não tem literalmente nada a ver com isso”, insistiu Fry. “A Mercedes expressou sua preferência, de que seria bom ter um piloto alemão, mas já temos isso com o Nico”, completou.
A experiência, sim, pode ser um diferencial na escolha do outro piloto da Mercedes. “Com a limitação dos testes, é muito difícil esperar que um jovem piloto tenha regularidade. Claramente, nossa prioridade é um piloto com experiência na Fórmula 1”, avaliou.
Assim, Schumacher se encaixaria tanto nos planos de ter uma dupla alemã quanto na intenção de contar com a experiência. O alemão chegou a anunciar sua volta pela Ferrari após o acidente de Felipe Massa em julho, mas teve problemas físicos e desistiu.
No entanto, nas últimas semanas, a indefinição do segundo piloto da Mercedes e a proximidade de Schumacher com o chefe Ross Brawn alimentou a hipótese de retorno. No mês passado, durante o Desafio das Estrelas de kart em Florianópolis, o heptacampeão comentou que “tudo pode acontecer”. Na competição em Santa Catarina, ele mostrou que está em forma e saiu como vencedor.

Fonte: UOL Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *