F1: Dono da Red Bull promete permanência de Webber em 2012

Entrando mais uma vez em rota de colisão com seus superiores, o australiano Mark Webber deverá permanecer na Red Bull na próxima temporada, pelo que depender do dono da equipe, Dietrich Mateschitz. Ele minimizou a polêmica criada durante o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, quando o experiente piloto reclamou da ordem que o impediu de ultrapassar o companheiro de time, Sebastian Vettel.

Na ocasião, depois de ser ultrapassado por Fernando Alonso, Vettel sentiu a aproximação de Webber na parte final da prova, mas manteve a posição por uma orientação vinda dos boxes para o australiano não avançar sobre o próprio companheiro de time. Irritado, o piloto disparou contra os diretores. Mas Mateschitz ignorou a polêmica e o garantiu na equipe em 2012.

“Mark Webber vai assinar um novo contrato conosco. Isso vai acontecer com certeza”, afirmou o dirigente, ao diário britânico Autosport. “Ele é muito popular com o time, se sente muito confortável, e tem um excelente relacionamento com todos. Ele sabe disso, e nós sabemos disso. Para ser honesto, Mark não tem melhor opção senão o carro mais rápido e nós não temos melhor opção que um piloto rápido”, argumentou.

O dono da equipe austríaca afirmou ainda que mantém boa relação com Webber, mesmo depois do incidente ocorrido em Silverstone no último final de semana.

“Não tem problema para nós. Sebastian percebeu que Fernando Alonso se desgarrou e não poderia mais ser alcançado, então diminuiu a velocidade. Isso deixou Mark encostar nele. E ele seria um péssimo piloto se não o atacasse e tentasse ganhar a posição”, minimizou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *