F1: Dono da Virgin aproxima Brawn GP do Google, diz jornal

O britânico Richard Branson, proprietário do Grupo Virgin, pode ser decisivo para o Google substituir sua empresa como principal patrocinador da Brawn GP na Fórmula 1. De acordo com o jornal Marca, o milionário está aproximando os dirigentes da equipe dos responsáveis pelo maior site de buscas da Internet.

O Google poderia apoiar a equipe até o final da temporada. Larry Page, um dos fundadores da empresa, teria sido convencido por seu amigo Richard Branson a investir no time, já que o Grupo Virgin não entrou em acordo com a Brawn GP e o patrocínio foi encerrado.

Como convidado da Vodafone, Page esteve em Monte Carlo no último final de semana para acompanhar o Grande Prêmio de Mônaco. De acordo com o jornal espanhol, o executivo de 36 anos foi apresentado por Branson aos diretores da Brawn GP durante sua estadia no principado.

Os dois empresários têm uma relação estreita, a ponto de Page ter celebrado seu casamento em uma das ilhas particulares de Branson no Caribe. A possibilidade de o Google investir na Fórmula 1 despertou a cobiça de outras equipes, mas a Brawn GP seria a favorita a fechar o patrocínio.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *