F1: Dupla Stepney/ Coughlan pediu emprego a Honda no começo do ano

A dupla Nigel Stepney/ Mike Coughlan, envolvida no escândalo de espionagem e sabotagem pediu emprego, neste ano, a Honda, segundo nota divulgada pela equipe japonesa nesta sexta-feira (06/07).

 


“Dada a especulação em torno das investigações legais na Ferrari e na McLaren, a Honda gostaria de esclarecer que no começo do ano Nigel Stepney, antes da Ferrari, pediu uma reunião com Nick Fry, diretor-executivo da equipe. Stepney, subseqüentemente, encontrou-se em junho com Fry e trouxe com ele Mike Coughlan, da McLaren, com a proposta de investigar oportunidades de trabalho na Honda”, diz a nota.


“A Honda gostaria de reforçar que em nenhum momento durante este encontro houve alguma informação confidencial oferecida ou recebida. Nick Fry informou Jean Todt e Ron Dennis do encontro e se ofereceu para fornecer qualquer informação requerida pela Ferrari e pela McLaren”, finaliza o comunicado.


Depois do escândalo Stepney foi demitido da Ferrari e Coughlan afastado da McLaren.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *