F1: Ecclestone e Mosley abrem as portas para GP em Cingapura

Cingapura poderá receber um Grande Prêmio de Fórmula 1 em 2008, declararam o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, e o responsável pelos direitos comerciais da categoria, Bernie Ecclestone, nesta sexta-feira à imprensa local.

“Se a infra-estrutura e as obrigações financeiras permitirem, é possível que Cingapura abrigue um Grande Prêmio em 2008”, afirmou Mosley ao jornal Today.

O regulamento esportivo do Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2008, aprovado na semana passada pelo Conselho Mundial da FIA, abre as portas para uma temporada com 20 provas. Em 2006 serão disputadas 18, depois que o GP da Bélgica, programado inicialmente para setembro, foi retirado do calendário.

“Com relação a Cingapura, acredito que um circuito na cidade não seria nada mal”, comentou Ecclestone ao mesmo jornal. “Se recebermos uma proposta séria estudaremos esta possibilidade”, acrescentou.

Ecclestone tenta levar a Fórmula 1 para fora das tradicionais fronteiras européias. Assim, nos últimos anos foram incluídas no calendário provas no Bahrein, China e Turquia.

O chefe da Fórmula 1 também deseja que o campeonato retorne à África do Sul e se estabeleça na Índia. Além disso, já que o contrato com Indianápolis termina em 2006, Ecclestone sonha com a possibilidade de disputar o Grande Prêmio dos Estados Unidos em Las Vegas.

Fonte: AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *