F1: Ecclestone volta a defender horário do GP da Malásia

O novo horário do Grande Prêmio de Fórmula 1 da Malásia, atrasado para o final da tarde de domingo (17h local e às 6h de Brasília) para agradar os telespecatdores europeus, não é ruim, afirmou o grande chefão da categoria, Bernie Ecclestone.

“Não vejo nada de ruim no horário de largada. Não sabíamos nada sobre a chuva. Poderia ter chovido também se o Grande Prêmio tivesse começado às 14h”, declarou Ecclestone ao site da revista Autosport.

O GP foi suspenso no domingo pelas fortes chuvas durante a prova. Tempestades como as registradas ao fim da tarde de domingo são frequentes na Malásia nesta época do ano.

“Todos sabíamos que acontecem tempestades entre nesse horário. Foi o que aconteceu”, ironizou o vencedor da prova, o britânico Jenson Button (Brawn GP).

“Em um horário normal nada disso teria acontecido. Correr no fim da tarde é uma ideia que parecia super inteligente, mas não tinha nada de inteligente”, afirmou o brasileiro Felipe Massa (Ferrari).

“Eu não decidi começar a prova às 17h00”, declarou em sua defesa Mokhzani Mahathir, diretor dp circuito.

Fonte: AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *