F1: Em 2 anos, Williams acumula prejuízo de R$ 167,7 mi

Pelo segundo ano consecutivo, a Williams registrou um prejuízo ao final da temporada de Fórmula 1. De acordo com contas apresentadas na última terça-feira por Frank Williams e Patrick Head, proprietários da equipe, os valores somados das perdas em 2006 e 2007 foi de U$ 88 milhões (cerca de R$ 167,6 milhões).

O relatório dos proprietários da Williams, que ocupa atualmente o oitavo lugar no campeonato de construtores da temporada de Fórmula 1, mostrou ainda, que a equipe aumentou os empréstimos bancários neste ano de 2008.


“A decisão de aumentar o endividamento líquido para melhorar a performance dos equipamentos e carros dentro da pista foi impulsionado por um forte plano de negócios de longo prazo”, disse o auditor Grant Thornton.


Thornton disse ainda que existe uma expectativa razoável de crescimento da equipe Williams e que ela tem recursos suficientes para continuar operando no futuro.


A equipe Williams é uma das mais vitoriosas da história da Fórmula 1, vencedora de 113 Grandes Prêmios entre 1979 e 2004 e obteve um lucro de U$ 60 milhões (aproximadamente R$ 114,3 milhões) em 2005. Além disso, ela contou com dois dos melhores pilotos da história do Brasil, Nelson Piquet e Ayrton Senna.


Apesar da dívida, a Williams pode se gabar de ser a única equipe da Fórmula 1 não comandada por uma montadora ou algum investidor bilionário.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *