F1: Em exibição, Alonso recusa-se a falar sobre problemas da Renault

Bicampeão mundial, o espanhol Fernando Alonso teve um dia de festa neste sábado. Em visita a sua cidade-natal, Oviedo, o piloto fez uma apresentação com o carro da Renault, andou de kart, foi ovacionado e viu a rua na qual cresceu ser batizada com o seu nome. O bom humor só se esvaiu quando o piloto foi questionado sobre a batida de Nelsinho Piquet no GP de Cingapura do ano passado.

Na ocasião, o acidente do brasileiro ocasionou uma bandeira amarela extremamente benéfica para o espanhol, que conquistou assim sua primeira vitória naquela temporada. O fato, entretanto, está sob investigação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e os envolvidos podem sofrer rigorosas punições se as investigações concluírem que o ocorrido foi proposital.

Alonso manteve-se em silêncio após a pergunta ser feita em uma entrevista coletiva, enquanto o mestre de cerimônias do evento citou um comunicado divulgado pela Renault nesta sexta. No documento, o time francês confirma que dará explicações à FIA no dia 21 de setembro, em Paris.

A maior referência ao assunto feita por Alonso foi quando o vencedor das temporadas de 2005 e 2006 falou sobre seus torcedores. “Não tenho nada a dizer a meus fãs, pois sei que eles são o meu grande apoio e força. Nos momentos bons eles estão aí e nos momentos ruins também”, destacou.

Mais de 100 mil pessoas, oriundas de diversas partes da Espanha, lotaram as ruas de Oviedo para ver a exibição de Alonso. Parte das Astúrias, o município conta com uma população de aproximadamente 215 mil habitantes.

“Nunca imaginei que estaria diante do meu povo com um Fórmula 1 e todo mundo esperando para te ver”, discursou Alonso. “Hoje, esse dia chegou e eu terei isso para sempre na minha memória”, emendou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *