F1: Em meio a crise, Ferrari confirma redução de custos

A Ferrari, atual campeã do Mundial de Construtores da Fórmula 1, não escapou da crise global que agora atinge o automobilismo e anunciou redução de custos para a temporada 2009 da categoria. As informações são da Agência Ansa.

Em entrevista publicada nesta segunda-feira no jornal italiano Corriere della Siera, Stefano Domenicali, chefe da equipe italiana, disse que “este processo (de corte de custos) já havia acontecido nos anos anteriores. Agora, no entanto, irá ocorrer uma com uma grande aceleração”.


“A Fórmula 1 já viveu momentos dificílimos. É fundamental reagir com sangue frio, também para evitar erros de estratégia que possam ser pagos a um preço alto quando as coisas melhorarem”, disse Domenicali, que tentou acalmar os torcedores da escuderia dizendo que, apesar dos cortes, “a Ferrari irá continuar sendo protagonista” na categoria.


Temor que se faz presente após o anúncio da última sexta-feira, feito pela japonesa Honda, que decidiu sair da competição de Fórmula 1 a partir do próximo ano.


“Nós estamos na linha de frente do processo de renovação do automobilismo”, afirmou Domenicali, para quem a Fórmula 1 deverá “permanecer uma competição tecnológica e esportiva”. “A crise é forte e podemos entender as razões que levam uma empresa automobilística a realizar cortes tão drásticos”, continuou o chefe da Ferrari, referindo-se ao anúncio da Honda.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *