F1: Em prova espetacular Max Verstappen vence GP da Áustria

O holandês Max Verstappen (Red Bull) venceu neste domingo (30/06) o GP da Áustria, no Red Bull Ring, nona etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Verstappen no ano, e sexta na categoria. Foi também a primeira vitória de um motor Honda, desde o GP da Hungria de 2006 (com o britânico Jenson Button de Honda RA106). O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) e o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) completaram o pódio.

Depois de uma péssima largada, quando caiu da segunda, para a oitava posição, Verstappen fez uma prova espetacular. O holandês foi recuperando posições, com ótimas ultrapassagens, até alcançar a segunda posição.

Verstappen foi volta a volta diminuindo a vantagem de Leclerc, que largou na pole e dominava a prova. Até colar na traseira da Ferrari #16, faltando cinco voltas para o final.

Leclerc e Verstappen passaram a duelar roda a roda pela liderança. Até que faltando três voltas para o final o holandês colocou a Red Bull no lado direito da pista, forçando Leclerc a escapar da pista, com os carros tocando rodas.

Verstappen assumiu a ponta, abrindo 2s7 de vantagem sobre Leclerc na bandeirada final. Bottas completou o pódio.

O incidente entre Leclerc e Verstappen está sendo investigado pelo comissários da prova. Com a decisão devendo ser divulgada nas próximas horas.

Depois de mais de três horas de analise, os comissários de prova confirmaram a vitória de Verstappen.

“Na totalidade das circunstâncias, não consideramos que nenhum piloto foi integralmente ou predominantemente culpado pelo incidente. Consideramos isso um incidente de corrida”, comunicou a FIA em nota divulgada mais de três horas depois do término da prova.

O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) terminou em quarto, seguido pelo britânico Lewis Hamilton (Mercedes) e o britânico Lando Norris (Mercedes).

O francês Pierre Gasly (Red Bull), o espanhol Cars Sainz Jr. (McLaren), e a dupla da Alfa-Romeo, o finandes Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi completando a zona de pontos. Foi o primeiro ponto de Giovinazzi na categoria.

Hamilton lidera o campeonato com 197 pontos, seguido por Bottas com 166.

A próxima etapa acontece no dia 14 de julho, o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone.  

Final:

1 Max Verstappen Red Bull/Honda 71 voltas em 1h22m01s822
2 Charles Leclerc Ferrari a 2s724
3 Valtteri Bottas Mercedes a 18s960
4 Sebastian Vettel Ferrari a 19s610
5 Lewis Hamilton Mercedes a 22s805
6 Lando Norris McLaren/Renault a 1 volta
7 Pierre Gasly Red Bull/Honda a 1 volta
8 Carlos Sainz Jr. McLaren/Renault a 1 volta
9 Kimi Raikkonen Alfa Romeo/Ferrari a 1 volta
10 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo/Ferrari a 1 volta
11 Sergio Perez Racing Point/Mercedes a 1 volta
12 Daniel Ricciardo Renault a 1 volta
13 Nico Hulkenberg Renault a 1 volta
14 Lance Stroll Racing Point/Mercedes a 1 volta
15 Alexander Albon Toro Rosso/Honda a 1 volta
16 Romain Grosjean Haas/Ferrari a 1 volta
17 Daniil Kvyat Toro Rosso/Honda a 1 volta
18 George Russell Williams/Mercedes a 2 voltas
19 Kevin Magnussen Haas/Ferrari a 2 voltas
20 Robert Kubica Williams/Mercedes a 3 voltas

Campeonato, pilotos:

1 Lewis Hamilton 197 pontos
2 Valtteri Bottas 166
3 Max Verstappen 126
4 Sebastian Vettel 123
5 Charles Leclerc 105
6 Pierre Gasly 43
7 Carlos Sainz Jr. 30
8 Lando Norris 22
9 Kimi Raikkonen 21
10 Daniel Ricciardo 16
11 Nico Hulkenberg 16
12 Kevin Magnussen 14
13 Sergio Perez 13
14 Daniil Kvyat 10
15 Alexander Albon 7
16 Lance Stroll 6
17 Romain Grosjean 2
18 Antonio Giovinazzi 1
19 George Russell 0
20 Robert Kubica 0

Campeonato, construtores:

1 Mercedes 363 pontos
2 Ferrari 228
3 Red Bull/Honda 169
4 McLaren/Renault 52
5 Renault 32
6 Alfa Romeo/Ferrari 22
7 Racing Point/Mercedes 19
8 Toro Rosso/Honda 17
9 Haas/Ferrari 16
10 Williams/Mercedes 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *