F1: Empresário de Kubica acusa Renault de mentir e nega que ele tenha vetado correr em 2012

Um dia após a Renault divulgar um comunicado dizendo que o polonês Robert Kubica não estará apto a correr o início da temporada de 2012 da Fórmula 1, o que beneficiaria os brasileiros Bruno Senna e Rubens Barrichello na disputa por vagas no grid, o empresário do polonês negou a informação nesta quinta-feira.

O empresário Daniele Morelli disse que a notícia de que Kubica não poderá correr desde o início do ano é mentira e espera ver o piloto de volta à categoria um ano após o acidente sofrido que deixou fora de ação em 2011.

“Eu não entendo porque a Renault mudou as palavras de Robert. Não é verdade que ele não estará pronto para 2012: ele avisou que não dava certeza de que estaria apto para os primeiros testes de fevereiro”, afirmou Morelli ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

No comunicado divulgado na quarta-feira pela equipe chefiada por Eric Boullier havia uma frase creditada a Robert Kubica na qual o polonês dizia que não poderia correr a temporada 2012.

“Embora tenha trabalhado muito duro nas últimas semanas, cheguei à conclusão que não estou pronto para a temporada 2012. Liguei para a equipe e informei sobre a situação. É uma decisão difícil para mim, mas é a mais razoável”, teria dito Kubica segundo a Renault.

“Contamos e esperamos que ele esteja pronto, mas em algum caso o atraso seria por alguns meses, 2013 nunca foi mencionado. A Renault vai seguir seu caminho no que diz respeito aos pilotos, enquanto nós vamos buscar sugestões alternativas. [O contrato] não se estende a 2012, termina no final de dezembro, então a partir de 1º de janeiro estaremos livres para seguir em alguma direção”, afirmou o empresário de Kubica.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *