F1: Equipes acertam fim do difusor duplo na Fórmula 1 em 2011

Os diretores técnicos das equipes da Fórmula 1 acertaram o banimento dos difusores duplos para a temporada de 2011. A peça causou muita polêmica na última temporada devido a um regulamento impreciso, que permitiu interpretações distintas e deu, principalmente à Brawn GP, uma vantagem no início do campeonato.

O acordo foi alcançado em uma reunião do Grupo Técnico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), na quinta-feira. A proibição dos polêmicos difusores de dois andares ainda precisa ser ratificada pelo Conselho Mundial da FIA, o que deve acontecer sem mais polêmicas.

A partir de 2011, a superfície dos difusores terá de ser contínua em toda a sua extensão e os desvios que permitiam um ganho aerodinâmico substancial estarão proibidos.

No ano passado, Brawn, Williams e Toyota interpretaram de forma peculiar o confuso regulamento e iniciaram o campeonato com uma configuração de difusor diferente do restante. Os demais times protestaram e, após uma longa batalha de bastidores, os difusores duplos foram aprovados.

Só que a Brawn, por exemplo, tinha uma vantagem tão grande no campeonato quando a peça foi declarada definitivamente legal, que times como a Ferrari e a McLaren só conseguiram atingir o mesmo nível de competitividade no fim da temporada. Isso foi decisivo para a Brawn ficar com os títulos de pilotos (Jenson Button) e construtores.

– Acho que o ponto mais importante é ter objetivos claros, e é isso que os dirigentes e promotores querem na Fórmula 1 – disse o diretor esportivo da Red Bull, Christian Horner, um crítico ferrenho do regulamento dúbio do ano passado.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *