F1: Equipes de F1 vão ajudar governo britânico com aparelhos médicos

As equipes de Fórmula 1 com sede no Reino Unido estão trabalhando em um plano para fabricar equipamentos médicos que ajudarão a combater a nova pandemia de coronavírus.

“Um coletivo de equipes de Fórmula 1 do Reino Unido, fabricantes de motores e seus respectivos ramos de tecnologia, avaliam o suporte para a fabricação de dispositivos respiratórios, em resposta a um pedido de ajuda do governo britânico”, diz o dite da Fórmula 1.

“As equipes estão trabalhando em colaboração com a F1, o governo do Reino Unido e outras organizações para estabelecer a viabilidade das equipes ou apoiar a produção de dispositivos médicos que ajudem a tratar pacientes com coronavírus”, acrescentou.

O governo britânico e as autoridades de saúde precisam de dispositivos em suas unidades de terapia intensiva, onde tratam os casos mais graves de problemas respiratórios causados pela doença.

As equipes de F1 esperam que suas contribuições sejam efetivas e uma realidade “nos próximos dias”.

A temporada de Fórmula 1, que deveria ter começado no fim de semana passado na Austrália, está atualmente suspensa.

Sete Grandes Prêmios foram adiados ou cancelados (Austrália, Bahrein, China, Vietnã, Holanda, Espanha, Mônaco).

No momento, a primeira corrida do calendário é a do Azerbaijão no início de junho.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *