F1: Equipes decidem proibir duto de ar da McLaren em 2011

Em reunião realizada no último domingo, mesmo dia do Grande Prêmio da Espanha, a Fota (Associação das Equipes de Fórmula 1) decidiu proibir em 2011 o duto de ar idealizado pela McLaren e copiado por alguns concorrentes. A maioria dos times alegou questões de custo e segurança para vetar o expediente.

“É uma peça de engenharia inteligente e admiro as pessoas que a inventaram, mas parece um pouco inconsequente quando você pilotos dirigindo com a ponta dos dedos e não com as mãos. Acho que é uma questão de segurança e de custo para levar em conta”, diz Christian Horner, chefe da Red Bull.

O dispositivo inventado pela McLaren proporciona um aumento de velocidade nas retas. Diante da performance da equipe britânica nas primeiras corridas da temporada, Sauber, Ferrari, Williams e Mercedes chegaram a desenvolver seus próprios mecanismos.

Durante a reunião dos chefes de equipe realizada em Barcelona, os representantes da McLaren tentaram convencer os demais a não proibir o duto de ar, sem sucesso. Ao comentar o assunto, Nick Fry, da Mercedes, chegou a lembrar dos polêmicos difusores duplos usados pela Brawn GP no ano passado.

“Sei que é decepcionante para aqueles que inventaram essas ideias, mas acho que as pessoas têm que se acostumar que a vida útil dessas ideias pode se curta, assim como a dos difusores duplos”, disse o britânico, já que a Fota também proibiu os difusores no começo do ano.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *