F1: “Esquecido” na coletiva, Sutil deve ficar onde está

Adrian Sutil ficou calado durante a maior parte do encontro que teve com os jornalistas, já que a maioria das perguntas era para Rubens Barrichello.

O alemão da Force India se distraiu tanto por não ser notado que nem reparou estar sendo questionado pelo apresentador do encontro, em um determinado momento da coletiva.

No entanto, Sutil não escapou e foi perguntado sobre a situação para o ano que vem. Sem citar muitos nomes, deu a entender que deve seguir na Force India, mas afirmou estar negociando com outro time.

“Quero um carro competitivo. Não tenho nada assinado para 2010, tudo está aberto. Tenho poucas opções, mas preciso fazer duas corridas antes de negociar. Tenho certeza de que estarei em uma boa equipe. Não tenho problemas em ficar onde estou, pois vejo o passo que eles deram”, disse.

Não demorou muito para Sutil ter sua opinião requisitada sobre a possibilidade de correr ao lado de Bruno Senna, que negocia com o dono do time, Vijay Mallya, em 2010: “Não sei o que acontece entre o time e ele, não sei muito sobre isso.”

Sobre a corrida deste fim de semana, o alemão crê que o GP do Brasil deve ser melhor que o do Japão. “Interlagos é um circuito bom para nós. O carro se mostrou bom em circuitos de alta velocidade, e esperamos ir melhor que em Suzuka”, afirmou.

“Interlagos precisa de downforce, mas tem retas. Precisamos de um motor poderoso, mas também de um carro bom para fazer curvas. Ninguém sabe o que vai ser do tempo, mas estamos preparados para tudo”, encerrou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *