F1: Ex-Toro Rosso, Vergne é anunciado como novo piloto de testes da Ferrari

Jean-Éric Vergne é o novo piloto de testes da Ferrari. A escuderia anunciou na quinta-feira que o francês, que assumidamente já se arriscava na Fórmula Indy e em outras categorias, reforçará a equipe em 2015. Segundo o comunicado divulgado pelos italianos, Vergne vai exercer suas funções principalmente no simulador, ficando abaixo de Esteban Gutiérrez, terceiro piloto e reserva oficial da dupla Kimmi Räikkönen e Sebastian Vettel.

“Eu me sinto muito honrado por me juntar à família Ferrari e me tornar uma parte da equipe mais prestigiosa da história da F1. O objetivo é unânime e é o de ajudar a Scuderia a voltar ao degrau mais alto do pódio. Depois de ter trabalhado dois anos no simulador em uma equipe de ponta e outros três correndo na Toro Rosso, minha experiência vai proporcionar grandes passos que já estão sendo dados para fazer a equipe vencer”, declarou o piloto, falando do cargo que ocupou inicialmente na Red Bull.

Depois de ser dispensado da Toro Rosso, o francês chegou a correr pela Andretti na Fórmula-E na semana passada, buscando se adaptar ao estilo da equipe para buscar uma vaga na Indy em 2015. Vergne largou na pole-position e buscava o primeiro lugar, mas precisou abandonar a prova nos minutos finais devido a uma falha no uso da bateria do carro.

A chegada de Vergne implica a saída do espanhol Pedro de la Rosa, que deixa a Fórmula 1 aos 43 anos. O piloto estreou na categoria em 1998, na reserva da Jordan, e na sequência foi chamado para correr pela Arrows. Depois de uma passagem pela Jaguar, De La Rosa foi piloto de testes na McLaren entre 2003 e 2009 e chegou a correr no lugar de Juan Pablo Montoya. No ano seguinte, foi titular da BMW Sauber, mas acabou voltando à equipe britânica. Em 2012, defendeu a HRT e desde 2013 ocupa a vaga que até então tinha na Ferrari.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *