F1: Fernando Alonso vence em Barcelona

O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) venceu neste domingo (12/05), o GP da Espanha, em Barcelona, quinta etapa da temporada. O finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) e o brasileiro Felipe Massa (Ferrari) completaram o pódio.

Pole-position, o alemão Nico Rosberg (Mercedes) manteve a ponta na largada, com o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) indo para segundo, seguido por Alonso. O espanhol ganhou uma posição e Alonso duas.

Raikkonen era o quarto, com o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) caindo da 2ª para a 5ª posição.

Massa fez ótima largada, e da 9ª posição, foi para a 6ª (posição que largaria, mas foi punido após o treino por bloquear a Red Bul do australiano Mark Webber, e perdeu três posições). Na volta seguinte, o brasileiro superou Hamilton.

Com a estratégia de quatro paradas, Massa foi um dos primeiros a entrar nos boxes, na 8ª volta. Duas voltas depois, Alonso foi para os pits. Ainda líder Rosberg entrou nos boxes junto com Vettel. O alemão voltou a prova atrás de Alonso.

O mexicano Esteban Gutiérrez (Sauber) assumiu temporariamente a liderança, nas voltas 11 e 12. Na seguinte entrou nos boxes. Alonso passou Rosberg, que já sofria com o desgaste excessivo de pneus, assumindo a liderança na 12ª volta. Na sequencia da volta, Vettel e Massa também passaram Rosberg.

Com Raikkonen em sua cola, Massa fez a segunda parada na 20ª volta. Alonso parou na seguinte. Vettel foi para a ponta nas voltas 22 e 23, fazendo a sua segunda parada na seguinte. Raikkonen foi para primeiro, por duas voltas.

Com a ida da Lotus para os boxes, Alonso reassumiu a liderança, seguido por Massa, Vettel e Raikkonen.

Pouco depois da metade da prova, começou a terceira rodada de parada nos boxes. Raikkonen, com um carro que consome menos pneus, tinha a estratégia de três paradas, contra quatro dos rivais, e ficou na pista. Na 33ª, o finlandês superou Vettel. Com isso ele liderou a 37ª e a 38ª voltas.

Na seguinte, Alonso era novamente o líder. Faltando vinte voltas para o final, Raikkonen foi para os boxes, colocando os pneus duros.

Com a quarta rodada de pits para a maioria dos pilotos começando (Alosno parou na 49ª  volta), Raikkonen apareceu em segundo, quando as trocas acabaram. Massa era o terceiro.

Com pneus mais novos, Alonso abriu vantagem suficiente para Raikkonen nas voltas finais. Alonso venceu com 12 segundos de vantagem. Foi a primeira vitória de Alonso em Barcelona desde 2006.

Em 21 provas em Barcelona, foi apenas a segunda vez que o vencedor não largou da primeira fila.

Massa conquistou o seu primeiro pódio no ano. Vettel foi o quarto, seguido pelo parceiro de equipe, o australiano Mark Webber e Rosberg (que fez três paradas). O escocês Paul di Resta (Force India), a dupla da McLaren, o britânico Jenson Button e o mexicano Sergio Pérez, o australiano Daniel Ricciardo (Toro Rosso) completaram a zona de pontos.

Gutierrez terminou na 11ª posição, e mesmo fora da zona de pontos, pode comemorar a melhor volta da prova: 1m26s217, 194, 370 km/h de média, na 56ª volta.

Hamilton, que largou em segundo, terminou apenas na 12ª posição.

Vencedor no ano passado, o venezuelano Pastor Maldonado (Williams) levou um drive-through, por excesso de velocidade nos boxes. Terminou na 14ª posição.

Vettel lidera o campeonato com 89 pontos, seguido por Raikkonen com 85. Alonso, em terceiro, soma 72. Massa é o quarto com 45.

A próxima etapa, o GP de Mônaco, acontece no dia 26 de maio.

Final:

1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 307,764 km em 1h39:16.596
velocidade média: 186,004 km/h)
2. Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) a 9.338
3. Felipe Massa (BRA/Ferrari) a 26.049
4. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) a 38.273
5. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) a 47.963
6. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) a 1:08.020
7. Paul di Resta (GBR/Force India-Mercedes) a 1:08.988
8. Jenson Button (GBR/McLaren-Mercedes) a 1:19.506
9. Sergio Perez (MEX/McLaren-Mercedes) a 1:21.738
10. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) a 1 volta
11. Esteban Gutierrez (MEX/Sauber-Ferrari) a 1 volta
12. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) a 1 volta
13. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) a 1 volta
14. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) a 1 volta
15. Nico Hülkenberg (ALE/Sauber-Ferrari) a 1 volta
16. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Renault) a 1 volta
17. Charles Pic (FRA/Caterham-Renault) a 1 volta
18. Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth) a 2 voltas
19. Max Chilton (GBR/Marussia-Cosworth) a 2 voltas

Abandonos:

Romain Grosjean (FRA/Lotus): 9ª volta
Giedo van der Garde (NED/Caterham): 22ª volta
Jean-Eric Vergne (FRA/Scuderia Toro Rosso): 53ª volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *