F1: Ferrari adianta que pole e volta mais rápida devem valer pontos

Atualmente um atrativo para aumentar o interesse de IndyCar Series e Stock Car Brasil, a possibilidade de distribuir pontuação para quem garantir a pole position de cada corrida tem tudo para se tornar uma realidade também na Fórmula 1. Em janeiro, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) se reunirá para estudar novas regras tendo em vista a categoria rainha, que pode passar a premiar também o autor da volta mais rápida das corridas.

Atualmente, Indy e Stock Car não limitam a tabela de pontos aos grandes prêmios, movimentando-a também com os treinos classificatórios – nos Estados Unidos, o dono da pole é bonificado com um tento, enquanto que no Brasil os três mais bem posicionados nos grid recebem de um a três pontos.

Na Fórmula 1, o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, informou que uma manobra semelhante também deve aparecer. A partir de 2010, como o reabastecimento durante as provas estará banido, os pilotos participarão do qualifying com os mesmos níveis de combustível, e assim se pretende criar uma motivação a mais aos competidores.

“Provavelmente a pontuação será revista”, confidenciou o dirigente ao jornal La Stampa. “Há a proposta de premiar a pole position e a volta mais rápida das corridas. Pedimos também a possibilidade de fazer duas paradas para troca de pneus, em vez de apenas uma”.

Segundo Domenicali, as alterações serão discutidas pelo “grupo de trabalho esportivo da FIA” em janeiro. Sua confiança em que pelo menos alguma mudança aconteça é tão grande que o italiano chegou a dizer que a entidade “se reunirá para aprovar novas regras”.

A última modificação importante na Fórmula 1 veio há pouco tempo: em 11 de dezembro, foi anunciado que os dez mais bem classificados de cada etapa começarão a pontuar na escala 25-20-15-10-8-6-5-3-2-1. Isso servirá para valorizar a subida ao pódio.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *