F1: Ferrari é a primeira a ligar motores em Interlagos

A Ferrari não quis saber de perder tempo na preparação para o GP do Brasil de Fórmula 1, neste domingo, e foi a primeira equipe a ligar seus motores. Pouco depois das 14h (de Brasília) desta quarta-feira, os mecânicos iniciaram os primeiros testes com os carros.

Com Felipe Massa ainda na briga pelo título contra o líder Lewis Hamilton, da McLaren, o time de Maranello manteve seu tradicional mistério. Como sempre, os carros ficaram dentro dos boxes, ocultados por tapumes. Do lado de fora, apenas os bicos dos monopostos, que atraíram a atenção de quem visitou o circuito.


Massa ocupa a segunda posição do Mundial com 87 pontos, sete a menos que o inglês. Mesmo sem abrir seus primeiros testes, a McLaren também teve uma manhã agitada no autódromo, preparando os carros.


A movimentação em Interlagos não se limitou às equipes. Na pista e nos arredores do autódromo muitos funcionários da Prefeitura ainda trabalhavam para deixar tudo pronto para a corrida deste domingo, que começa às 14 horas.


Do lado de fora, os garis faziam a varrição, enquanto outras equipes pintavam as últimas marcações nas vias. Dentro de Interlagos, o movimento maior era dos trabalhadores que faziam as montagens das estruturas temporárias que receberão a área de convidados de escuderias e patrocinadores.


“Se tivesse de largar agora, largaríamos”, afirmou o diretor de prova, Carlos Montagner. “Interlagos já está vestido e maquiado, agora é só perfumaria”.


Nesta quinta-feira, o inspetor de segurança da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Charles Whiting, faz a inspeção final para liberar o uso do autódromo para a corrida. O horário da visita ainda não está confirmado, mas Montagner acredita que será após às 13 horas e que não haverá problemas.


“Este ano não tivemos nada muito grande para fazer. No ano passado, recapeamos toda a pista e este ano foi só fazer uma pintura diferente. As mudanças maiores foram na área dos boxes e do hospital”.


A exemplo do que foi adotado nas etapas anteriores, em São Paulo, os pilotos também contarão com painéis eletrônicos, indicando as marcações feitas pelos fiscais de prova. Apesar de contar com 23 pontos de fiscalização, Interlagos utilizará apenas quatro painéis indicativos.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *