F1: Ferrari: “Niki perde a oportunidade de manter a boca fechada”

Repercutindo as declarações do tricampeão mundial de Fórmula 1, Niki Lauda, a Ferrari reclamou de forma dura do seu ex-piloto em uma coluna publicada no site oficial da equipe. O austríaco havia criticado a escuderia italiana pelo jogo de equipe executado no GP da Alemanha, quando Felipe Massa deixou Fernando Alonso ultrapassá-lo.

“Após os eventos em Hockenheim, uma onda de hipocrisia reinou no paddock, com diversos especialistas, jovens e velhos, interessados em falar. A última vem da Áustria, de uma pessoa que, mesmo tendo pendurado o capacete, não perde a chance de dar opiniões à esquerda e direita, mesmo que, em mais de uma ocasião, tenha de ceder em acrobacias verbais para ficar no sentido do vento. Desta vez, o bom e velho Niki está perdendo uma boa oportunidade de manter a boca fechada, uma vez que, quando era piloto da Scuderia, a política da Ferrari era perfeitamente conveniente a ele. Onde estava sua moral quando, ao longo dos anos, muitos têm sido culpados de ações hipócritas?”, declarou.

Em entrevista ao site oficial da Fórmula 1, Lauda havia dito que as ações da Ferrari em Hockenheim foram contra todas as regras e que os italianos deveriam esperar uma punição severa do Conselho Mundial da FIA.

“Você tem dois modelos de como competir na F-1 como uma equipe. Se você correr de modo político, então você está no modelo da Ferrari. Ou então, você tenta dar oportunidades iguais aos seus dois pilotos, e aos fãs um esporte emocionante, como a Red Bull vem fazendo ao deixar seus pilotos competirem entre eles”, criticou.

Na semana do GP de Monza, na Itália, a equipe vermelha será julgada em Paris pelos acontecimentos da Alemanha.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *