F1: FIA dá aval e Ferrari terá novos motores no GP da Espanha

Depois de enfrentar problemas no motor nas primeiras etapas do Mundial, a Ferrari ganhou o aval da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para fazer alterações na peça. A escuderia trabalhou intensamente desde o Grande Prêmio da China e poderá usar um propulsor atualizado em Barcelona, neste domingo.

O brasileiro Felipe Massa e o espanhol Fernando Alonso tiveram problemas no motor nas corridas que abriram o Mundial. O europeu, inclusive, tem que pensar no limite de oito motores por temporada estabelecido pelo regulamento. Os pilotos da Sauber, que correm com propulsores fabricados da Ferrari, também sofreram.
Depois de descobrir o defeito, a escuderia italiana alegou problemas de confiabilidade para pedir a permissão de promover mudanças no motor e as três semanas de intervalo entre o Grande Prêmio da China e a corrida de Barcelona foram suficientes para finalizar os trabalhos.
Em um comunicado oficial, a Ferrari confirmou a utilização das peças atualizadas na Espanha. “Muito trabalho foi feito e isso produziu algumas soluções que esperamos possam resolver os problemas de confiabilidade que enfrentamos no Bahein e na Malásia”, diz a nota.
Além de correr como novos motores, Felipe Massa e Fernando Alonso usarão pela primeira vez a versão completa produzida pela Ferrari do duto elaborado pela McLaren nos treinos de sexta-feira. Dependendo da performance, o expediente será usado ou não no treino classificatório e na corrida.
Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *