F1: FIA decidirá 13ª vaga no grid da F-1 em breve

Epsilon Euskadi, Durango, Stefan e Cypher estão na briga

Um campeonato paralelo ao Mundial de Fórmula 1 e que rola longe dos olhos dos fãs está na sua reta final. Nas próximas semanas, a Federação Internacional de Automobilismo deverá divulgar a equipe que preencherá a 13ae última vaga na categoria em 2011. A espanhola Epsilon Euskadi, a italiana Durango, a sérvia Stefan GP e a americana Cypher são as candidatas – veja quadro ao lado.

A FIA pretendia alcançar o número mágico de 13 times este ano após a escolha por Lotus, Hispania, Virgin e USF1, mas o naufrágio da equipe americana impediu que a F1 preenchesse as 26 vagas no grid, algo que não ocorre num GP desde a já longínqua temporada de 1995.

Para que não haja risco de um outro vexame de grandes proporções como o da USF1, a entidade já deixou claro que vai exigir o depósito imediato de 16 milhões de libras (cerca de R$ 43 milhões) como garantia.

Das quatro postulantes à vaga, sem dúvida a que desponta como favorita no aspecto técnico é a Epsilon Euskadi, por já ter há tempos uma estrutura montada e profissionais experientes, até com passagens pela Fórmula 1. A Durango ganhou força nos últimos dias com a confirmação da participação de Jacques Villeneuve no projeto. Já a Stefan GP, que comprou equipamentos da Toyota e tentou sem sucesso correr este ano, ainda é cercada de mistérios.

Nos últimos dias, surgiu a candidatura da Cypher. Segundo a revista eletrônica “Warm Up”, o líder do projeto, Steve Brown, ex-Brawn, tenta costurar acordo com o tricampeão Nelson Piquet para apoiar o time, que teria Nelsinho Piquet e o americano Jonathan Summerton como pilotos. Uma quinta candidatura naufragou nos últimos dias: a ART, equipe de sucesso na GP2, desistiu de pleitear a 13ª vaga e pode se unir à Sauber na próxima temporada.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *