GT Brasil: Xandy Negrão e Andreas Mattheis vencem pela segunda vez consecutiva no Rio de Janeiro

Com uma pilotagem livre de erros, dupla alcançou a segunda conquista do fim de semana com o novo Audi R8 LMS

O resultado da corrida que encerrou a primeira metade da temporada do Itaipava GT Brasil, disputada neste domingo (18), no Rio de Janeiro (RJ), foi, outra vez, bem diferente do que se imaginava na formação do grid de largada, que tinha razoável domínio do Lamborghini Gallardo LP560. O carro ocupou as duas primeiras posições, com a pole position de Cleber Faria e o segundo lugar de Marcelo Hahn e Allam Khodair. Mas a vitória ficou novamente com quem vinha das posições intermediárias, Xandy Negrão e Andreas Mattheis, no fim de semana de estreia do Audi R8 LMS.

“Fui beneficiado no início da prova, porque os pilotos menos experientes que estavam na frente acabaram errando, teve muito enrosco. Para completar, o carro que estava atrás de mim rodou sozinho”, contou Andreas Mattheis. Os três primeiros colocados no grid de largada rodaram logo nas primeiras voltas (Cleber Faria, Marcello Hahn/Allam Khodair e Rafael Derani/Claudio Ricci). Alam Khodair, que ainda faria uma prova de recuperação, concordou com Andreas Mattheis. “Nosso amigo aqui está com muita sorte”, brincou.

Xandy Negrao e Andreas Mattheis haviam vencido também no sábado (17). Depois da rodada no início, Marcelo Hahn e Allam Khodair foram buscar a segunda colocação. “Fui ingênuo no início da corrida, acabei sofrendo um toque, rodando e fui parar em último. Aí começou outra corrida. Antes de passar o carro para o Allam, eu ainda consegui ultrapassar dois carros. Mas estou feliz por ele (Allam Khodair), que fez uma ótima prova. Se não chegamos na frente, foi pelo que aconteceu no começo da prova”, analisou. Em terceiro, ficaram Chico Longo e Daniel Serra, também pilotando um Lamborghini Gallardo LP560.

Daniel Serra comentou sobre o duelo travado com o pai, Chico Serra, que durante boa parte da prova estava na frente e “fechou a porta” na disputa com o filho. “Ele me travou por cinco voltas…”, disse, rindo. “Mas foi bom terminar o fim de semana no pódio”, completou. Já o companheiro de Daniel, Chico Longo, queria mais. “Acho que faltou um pouco de estratégia da equipe para não deixarmos o Alam (Khodair) chegar. Mas valeu”, resumiu. Valdeno Brito e Matheus Stumpf, com Ford GT, não terminaram a prova, mas seguem na liderança do campeonato.

A próxima etapa do Itaipava GT Brasil será disputada nos dias 7 e 8 de agosto, no Autódromo de Interlagos – José Carlos Pace, em São Paulo (SP).

O RESULTADO DA 2ª CORRIDA EM JACAREPAGUÁ
1º) 9 – A.Mattheis/X.Negrão (AU, RJ/SP), 37 voltas em 50:30.183 (média de 134,81 km/h)
2º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 19.412
3º) 19 – C.Longo/D.Serra (LA , SP/SP), a 20.057
4º) 77 – C.Serra/J.Adibe (LA , SP/SP), a 29.913
5º) 33 – B.Garfinkel/R.Mauricio (LA , SP/SP), a 30.166
6º) 70 – W.Derani/A.Pizzonia (FE , SP/AM), a 32.620
7º) 5 – L.Kaesemodel/A.Coelho (FO , PR/SP), a 35.763
8º) 13 – Pedro Queirolo (VI , SP), a 47.097
9º) 8 – C.Dahruj/R.Daniel (LA , SP/SP), a 48.689
10º) 100 – L.Linardi/J.Campos (FE , SP/PR), a 1 volta
11º) 105 – Vanue Faria (LA , SP), a 1 volta
12º) 30 – Cleber Faria (LA , SP), a 2 voltas
13º) 21 – V.Rossete/F.Greco (FC , SP/SP), a 2 voltas
14º) 55 – Renan Guerra (MA , SP), a 2 voltas
15º) 72 – C.Federico/L.Medrado (FC , SP/SP), a 2 voltas
16º) 18 – F.Poeta/J.Santanna (FE , RS/RS), a 3 voltas
17º) 75 – H.Assunção/C.Kray (MA , SP/RS), a 3 voltas
18º) 121 – E.Furlanetto/J.Marcelo (MA , SP/SP), a 3 voltas
19º) 51 – Otavio Mesquita (FC , SP), a 3 voltas
20º) 73 – O.Federico/R.Navarro (MA , SP/SP), a 4 voltas
21º) 17 – Marcelo Santanna (FC , SP), a 4 voltas
22º) 99 – R.Ricca/Sondermann (MA , SP/SP), a 9 voltas
23º) 57 – S.Laganá/A.Hellmeister (FC , SP/SP), a 12 voltas
24º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 22 voltas
25º) 7 – V.Brito/M.Stumpf (FO , PB/RS), a 23 voltas
26º) 82 – M.Mello/W.Freire (GI , SP/SP), a 24 voltas

CLASSIFICAÇÃO EXTRA-OFICIAL DO CAMPEONATO (APÓS 8 DE 16 ETAPAS) – SEM DESCARTES
Itaipava GTBR3
1 Matheus Stumpf/Valdeno Brito, Ford, 113 pontos
2 Claudio Dahruj/Rafael Daniel, Lamborghini, 105 pontos
3 Marcelo Hahn/Allam Khodair, Lamborghini, 85 pontos
4 Bruno Garfinkel/Ricardo Maurício, Lamborghini, 83 pontos
5 Lico Kaesemodel, Ford, 74 pontos
6 Daniel Serra/Chico Longo, Lamborghini, 69 pontos
7 Julio Campos, Ferrari, 64 pontos
8 Aluizio Coelho, Ford, 63 pontos
9 Andreas Mattheis/Xandy Negrão, Audi, 62 pontos
10 João Adibe/Chico Serra, Lamborghini, 59 pontos
11 Rafael Derani/Claudio Ricci, Ferrari, 56 pontos
12 Pedro Queirolo, Dodge Viper, 56 pontos
13 Linneu Linardi, Ferrari, 43 pontos
14 Walter Derani/Antonio Pizzonia, Ferrari, 41 pontos
15 Vanue Faria, Lamborghini, 39 pontos
16 Thiago Viana/Marcos Gomes, Ferrari, 33 pontos
17 Cleber Faria, Lamborghini, 30 pontos
18 Beto Monteiro, Porsche, 21
19 Fernando Poeta, Ferrari, 12
20 Leo Burti, Ford, 11
21 Eduardo Souza Ramos/Leandro Almeida, Ford, 10
22 Roberto Posses/Betinho Gresse, Porsche, 7
22 João Santana, Ferrari, 7 pontos
24 Fabio Carreira, Ferrari, 5
25 Leonardo Vital/Marcello Sant’Anna, 3 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *