F1: FIA descarta irregularidades no carro da Red Bull

O domínio de Sebastian Vettel e da Red Bull na atual temporada da Fórmula 1 despertou suspeitas de uma possível irregularidade no RB9, carro projetado pela equipe taurina para o ano de 2013. Apesar disso, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) descartou qualquer recurso ilegal no bólido do time austríaco.

“Jo Bauer [delegado técnico da entidade] não encontrou irregularidades. Tudo está sob nosso controle, e o carro de Vettel está de acordo com o regulamento”, afirmou Charlie Whiting, diretor de provas da Fórmula 1, ao diário alemão Sport Bild.

A acusação à Red Bull de Vettel com mais repercussão foi a de Giancarlo Minardi, fundador da extinta equipe que levava o seu sobrenome. Para ele, o fato do alemão retomar a aceleração 50 metros mais cedo que os rivais e os sons do motor de seu carro no GP de Cingapura indicavam a existência de um controle de tração escondido.

Até mesmo o maior rival do atual tricampeão na Fórmula 1, no entanto, acredita que ele não é beneficiado por irregularidade em seu carro. Para Fernando Alonso, a Red Bull apenas achou uma maneira de tracionar melhor o RB9 que os demais carros do grid.

“A diferença no som emitido pela Red Bull existe desde o início do ano. Em Cingapura isso ficou mais óbvio por ser um circuito de rua, onde as pessoas podem ficar mais perto da pista. Mas nos testes de inverno, em Barcelona, nós já notávamos a diferença sonora”, relata o espanhol da Ferrari.

“Eles estão usando algo diferente em comparação às demais equipes, mas é algo completamente legal, já que eles são aprovados nas inspeções pelas quais passam em todos os finais de semana de corridas. Eles estão dentro das regras, eu não tenho qualquer sensação estranha ou ruim sobre isso”, conclui.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *