F1: FIA esclarece regra de combustível na classificação

Hamilton causou polêmica ao ter que desligar motor na volta de retorno ao box

A FIA conversou com as equipes no domingo antes do GP do Canadá para esclarecer a regra sobre combustível na classificação.

A polêmica surgiu após Lewis Hamilton ter que desligar o seu carro quando ainda retornava aos boxes depois de marcar a pole position por não ter combustível suficiente para terminar a volta e entregar a amostra obrigatória para análise. O piloto foi multado em 10 mil euros, mas pelo motivo de seu giro de retorno ter sido lento demais.

“Eu não sei todos os detalhes, então é difícil comentar. Mas nós precisamos evitar a situação em que carros fiquem sem combustível depois de suas últimas voltas porque querem correr o mais leve possível”, reclamou o chefe da Mercedes e diretor técnico da FOTA, Ross Brawn.

Segundo a revista alemã “Auto Motor und Sport”, a situação foi discutida entre os chefes de equipe e o diretor de prova da FIA, Charlie Whiting.

A publicação afirmou que Whiting esclareceu às equipes que no futuro qualquer carro que fique sem combustível no final da classificação correrá o risco de sofrer penalizações.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *