F1: FIA estipula uso da asa móvel somente na reta oposta em Interlagos

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) determinou nesta quarta-feira que os pilotos terão apenas um trecho no Autódromo de Interlagos para utilizar a asa móvel. Segundo a entidade, o recurso só poderá ser usado no Grande Prêmio do Brasil, marcado para este próximo final de semana, na reta oposta.

Nas duas últimas etapas da temporada da Fórmula 1, os circuitos contaram com duas zonas para a ativação da asa móvel. Para a etapa do Brasil, a entidade estipulou somente o trecho que começa logo depois da saída da curva do sol e termina na freada para a primeira perna da descida do lago.

Para tal, a entidade estipula uma medição para que os pilotos utilizem o recurso. A asa móvel só poderá ser acionada caso os corredores estejam a menos de um segundo do carro da frente no trecho entre a saída do S do Senna e o final da curva do sol.

Segundo o diretor de provas Charlie Withing, a reta oposta foi escolhida já que é propícia à ultrapassagens. “Acreditamos que será o suficiente somente uma zona, já que a reta principal geralmente oferece boas oportunidades de ultrapassagem. Não queremos deixar as coisas tão fáceis”, explicou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *