F1: FIA mantém multa à Ferrari e pode legalizar jogo de equipe

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) julgou a Ferrari pela marmelada no Grande Prêmio da Alemanha na manhã desta quarta-feira. Em Paris, a entidade decidiu apenas manter uma multa de US$ 100 mil à escuderia italiana, aplicada no mesmo dia da prova.

Além de descartar uma punição mais dura à escuderia, a FIA ainda poderia alterar o regulamento e liberar o jogo de equipe na principal categoria do automobilismo. A mudança seria adotada no próximo encontro do Conselho Mundial de Esporte a Motor.

O caso julgado na manhã desta quarta-feira ocorreu no último dia 25 de julho. Em Hockenheim, a Ferrari mandou o brasileiro Felipe Massa ceder sua posição para o espanhol Fernando Alonso, que venceu a prova. Na ocasião, o áudio com a ordem da equipe foi veiculado na transmissão pela TV.

A escuderia italiana é reincidente no assunto. No Grande Prêmio da Áustria-2002, o brasileiro Rubens Barrichello cedeu a vitória ao alemão Michael Schumacher nos últimos metros da corrida, episódio que motivou a organização da categoria a impedir as ordens de equipe.

Na época da marmelada de Rubens Barrichello e Michael Schumacher, Jean Todt comandava a escuderia italiana. Atual presidente da FIA, o dirigente francês preferiu não participar da votação sobre a polemica entre Felipe Massa e Fernando Alonso para evitar acusações de favorecimento à Ferrari.

Ainda assim, Jean Todt compareceu ao encontro do Conselho Mundial de Esporte a Motor. Assim como o inglês Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, que votou normalmente. Já Massa e Alonso participaram apenas por videoconferência.

A manobra da Ferrari na Alemanha não foi suficiente para colocar Fernando Alonso na briga pelo título, pelo menos por enquanto. Com 182 pontos, o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, lidera o Mundial. O espanhol ocupa o quinto lugar (141 pontos) e Felipe Massa, o sexto (109 pontos).

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *