F1: Ficamos em silêncio nas últimas voltas, diz Dennis

O chefe de equipe da McLaren, Ron Dennis, afirmou, em entrevista ao site da revista Autosport, que praticamente não houve comunicação entre a escuderia e o inglês Lewis Hamilton durante as duas últimas voltas do GP do Brasil, prova que garantiu ao piloto o seu primeiro título na Fórmula 1.

Quando faltavam duas voltas para o final, Hamilton perdeu a quinta colocação para o alemão Sebastian Vettel, e o brasileiro Felipe Massa seria o campeão. No entanto, o inglês ultrapassou o alemão Timo Glock na última curva e ficou com o título.


“Nós estávamos muito silenciosos nas duas últimas voltas. Apenas dissemos o que ele precisava saber. Foi um grande desafio”, afirmou o dirigente, que não comemorava um título de Mundial de Pilotos desde 1999, quando o finlandês Mika Hakkinen foi o vencedor.


Apesar do silêncio, Dennis ressaltou que via a corrida sob controle. Segundo ele, nem no momento da ultrapassagem de Vettel sobre Hamilton a escuderia perdeu a calma.


“Nós sabíamos que havia muita chuva no caminho e tentamos decidir. Lutamos ou não lutamos pela posição? Não havia como o Glock permanecer na pista naquelas condições. No final, você tem que pensar nessas coisas para fazer o certo”, completou.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *