F1: Fora da F-1, Toyota demite 500 funcionários de sua equipe

Dos 750 funcionários da Toyota que mantinham o time na Fórmula 1, 500 foram demitidos nesta sexta-feira. Dos 250 restantes, aliás, apenas 150 estão garantidos, segundo informou o diretor de marketing do time, Andi Fuchs.

Aqueles que ainda seguirão trabalhando na montadora japonesa serão deslocados para outros projetos, seja em carros esportivos (utilizados em ruas) e em veículos utilizados em competições de automobilismo menores.

Já os 500 novos desempregados irão receber uma indenização da Toyota, além de parte dos salários por um ano, tempo que eles terão para se recolocar no mercado de trabalho (uma espécie de seguro desemprego).

No último mês, a Toyota anunciou que encerraria as suas atividades na F-1. A escuderia iniciou sua trajetória na principal categoria do automobilismo em 2002 e este foi seu último ano na disputa. O time jamais conquistou uma vitória e em 2009 contou com o italiano Jarno Trulli, o alemão Timo Glock e Kamui Kobayashi.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *