F1: Frustração com Senna motiva ajuda de Massa a crianças

Felipe Massa, ainda garoto, teve um pedido de autógrafo recusado por Ayrton Senna. A traumática experiência com o ídolo jamais foi esquecida pelo atual piloto da Ferrari, apresentado nesta quarta-feira como “campeão do Unicef para as crianças brasileiras”.

 


“Eu era um fã e não consegui o autógrafo do Senna. Isso me deixou chateado e me fez crescer. Hoje pode acontecer de eu não poder dar autógrafo a alguém, por estar de capacete ou outro motivo, mas espero que isso não aconteça nunca com uma criança por perto”, declarou o brasileiro.


Ainda que frustração com o tricampeão mundial não tenha sido esquecida, o pequeno Felipe não deixou de ser seu fã. “Sempre torci para ele e o (Nelson) Piquet. (O problema com Senna) me fez pensar diferente, mas continuei torcendo bastante por eles.”


Agora Massa espera fazer mais do que distribuir sua assinatura. Nesta quarta, ele prestigiou um passeio ciclístico de crianças dos bairros paulistanos Jardim Ângela e Vila Brasilândia, no kartódromo da Granja Viaja, em Cotia. Já no início do próximo ano, deve participar de novos projetos em parceria com o Unicef.


Também participou do evento a cantora Daniela Mercury, embaixadora do órgão há 12 anos, que deu as boas-vindas ao novo parceiro. “O Felipe é massa. Fiquei muito feliz quando soube que também abraçaria a causa infantil. Ele é um ídolo dos adolescentes, das crianças e também meu”, disse a baiana.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *