F1: Glock perde paciência com teoria conspiratória

O alemão Timo Glock, da Toyota, um dos principais personagens da decisão do título do Mundial de Fórmula 1, no último domingo, em Interlagos, perdeu a paciência com aqueles que acreditam que o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, foi campeão graças a uma ajuda do alemão, que teria reduzido a velocidade de seu carro na última volta da corrida.

“Qualquer um que pense que eu permiti que Lewis me ultrapassasse é completamente estúpido”, disse o alemão, em entrevista ao jornal Daily Mail.


No GP do Brasil, Glock optou por permanecer na pista com pneus para asfalto seco no momento em que começou a chover no circuito, durante as voltas finais da corrida.


Na última volta, o piloto da Toyota teve grande dificuldade para manter o carro no pista e acabou sendo ultrapassado por Hamilton na penúltima curva. Felipe Massa, da Ferrari, seria o campeão mundial no caso da ultrapassagem não ter acontecido.


Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *