F1: Grosjean passa mal e brasileiro pode ganhar chance na Renault

Nesta quinta-feira, o piloto Romain Grosjean sentiu um mal estar e teve que deixar o circuito de Marina Bay para voltar ao hotel. Com isto, a participação do francês no Grande Prêmio de Cingapura de Fórmula 1 é dúvida e caso ele não tenha condições quem deve correr pela Renault é o brasileiro Lucas Di Grassi.

A decisão final deve sair apenas nesta sexta-feira, antes dos treinos oficiais. A Renault não divulgou especificamente qual é o problema do piloto, limitando-se a dizer que ele não se sentiu bem após uma refeição. Contudo, a escuderia crê que terá seus dois pilotos titulares para a próxima corrida.

Esta seria a estreia de Di Grassi na F-1, exatamente no GP mais diferente de todo o calendário, uma vez que é um circuito de rua e que é o único que ocorre durante a noite. O traçado é considerado exigente fisicamente em virtude de ter muitas curvas.

Lucas Tucci Di Grassi tem 25 anos e chegou na escuderia francesa após se destacar na GP2. Ele chegou a testar um veículo da Honda para esta temporada, mas a equipe japonesa acabou se desligando na Fórmula 1. Após a demissão de Nelsinho Piquet pela Renault, Di Grassi foi preterido por Grosjean, um de seus adversários na GP2.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *