F1: Hakkinen não se arrepende de testes

O finlandês Mika Hakkinen disse que não se arrepende dos testes que fez com a McLaren, em novembro do ano passado. Na ocasião, o ex-piloto de Fórmula 1 não conseguiu boas marcas com o modelo MP4-21, em Barcelona.

“Foi uma experiência fantástica, muito interessante, e senti que fui bem-vindo pelo time. Foi a primeira vez com pneus Bridgestone, então o trabalho foi para ajustar essa parte, que não estava se acertando bem com o carro”, declarou à revista Autosport.

Após o período de testes, Hakkinen resolveu voltar a disputar o campeonato DTM, com a Mercedes-Benz. Ele não descarta, no entanto, dar novamente sua contribuição à McLaren, equipe com a qual conquistou seus títulos mundiais.

“Eles levaram o teste realmente a sério. Sou bicampeão mundial, então isso era de se esperar, mas também era possível que dissessem: ‘O que este cara está fazendo aqui? Ele não dirige um Fórmula 1 há cinco anos'”, acrescentou.

Questionado sobre a possibilidade de fazer novos testes, Hakkinen não hesitou. “É claro. Foi uma pena eu não ter quebrado o recorde da pista da última vez, mas quem sabe na próxima? Mas agora vamos nos concentrar na DTM.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *