F1: Hamilton acredita que McLaren voltará a ter problemas na Malásia

Antes mesmo de entrar na pista malaia, Lewis Hamilton jogou a toalha. E, a não ser que um resultado inesperado como no último domingo se repita, o campeão não espera ver a McLaren nas primeiras posições em Sepang.

“Não teremos praticamente nenhuma novidade para esta corrida, e, pelo que pude sentir em Melbourne, o carro está extremamente difícil de guiar, mesmo em linha reta”, falou o piloto inglês.

Segundo Hamilton, que ocupa o terceiro lugar no Mundial de Pilotos, a pista não favorecerá seu MP4-24 nos próximos dias.

“É um circuito em que a pressão aerodinâmica tem um peso muito maior. Como ainda estamos atrás nessa área, acredito que a diferença para os outros deverá ser ainda maior.”

Seu chefe, Martin Whitmarsh, concorda. “Para este final de semana é praticamente impossível mudar nossa sorte”, falou o novo homem forte da equipe inglesa, que assumiu o posto que era de Ron Dennis.

Toyota

A equipe disse que não irá mais apelar da punição que custou ao italiano Jarno Trulli o terceiro lugar na Austrália. Para a Toyota, a reclamação possivelmente seria rejeitada pela Corte de Apelações da FIA. Trulli foi punido com drive-through por passar Hamilton com o safety car na pista.

Fonte: Folhapress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *