F1: Hamilton admite erro e culpa rádio por troca precipitada

Inglês rodou quando estava na liderança, quase acertou Di Resta, foi punido por isso e colocou pneus de chuva na hora errada

Lewis Hamilton jogou fora a chance de vencer o Grande Prêmio da Hungria com uma rodada, uma punição e uma troca de pneus errada. O inglês, que liderou a maior parte da prova, admitiu o erro ao rodar, mas culpou uma falha na comunicação por rádio pela estratégia equivocada de colocar pneus intermediários quando garoava e dava para permanecer na pista com slicks.

– Eu podia ouvir meus engenheiros, mas eles não. Então eu estava constantemente pedindo informações, mas eles não me escutavam. Em um ponto, eles me deram algumas informações e disseram que ia chover e já estava pingando, então optamos pelos pneus intermerdiários. Os pneus acabaram (com a pista seca) e não foi a melhor escolha, mas isso é corrida – lamentou.

Sobre a rodada, Hamilton se mostrou decepcionado com ele próprio e não hesitou em assumir a culpa – no incidente, o inglês foi imprudente ao tentar voltar rapidamente para a pista e quase acertou o Force India de Paul di Resta:

– Cometi um grande erro. Meu pneu dianteiro esquerdo estava gasto, então saí da trajetória na chicane e rodei, o que é raro, muito raro. Depois disso, eu honestamente devo pedir desculpas para Paul di Resta. Não o vi, não sei o que aconteceu, mas recebi uma punição por alguma coisa, o que é esperado algumas vezes. Então, desculpas a ele.

Com o resultado, Hamilton manteve-se em terceiro lugar na tabela, mas a distantes 88 pontos do líder Sebastian Vettel.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *