F1: Hamilton admite Ferrari mais rápida e cobra entrega da Mercedes

Lewis Hamilton, da Mercedes, é o atual líder do mundial de pilotos da Fórmula 1, mas vem sendo perseguido de perto pelo alemão Sebastian Vettel, da Ferrari. Em entrevista ao site oficial da categoria, o britânico falou sobre a disputa, e projetou um duelo acirrado até o final da temporada.

Hamilton admitiu que a Ferrari tem um carro mais rápido que a Mercedes, mas explicou como a sua equipe vem tentando tirar essa diferença.

“Estamos correndo contra uma equipe que está mais rápida do que nós este ano. No ano passado, foi bastante equilibrado, pois havia alguns finais de semana que eles eram mais rápidos que nós e em alguns finais de semana nós éramos mais rápidos que eles…Mas este ano está oscilando mais na direção deles. Estamos tendo que entregar mais nos finais de semana de corrida e tirar mais dos fins de semana, quando não somos rápidos o suficiente. A pressão para extrair cada milímetro dentro da pista é maior do que nunca se eu quiser ser o número um no fim”, disse.

Além disso, novamente citando a pressão existente, o piloto disse que a disputa pelo título será acirrada até o fim da temporada, e que o Mundial será definido pelos detalhes.

“Então há mais pressão. Isso é o mesmo em qualquer esporte, se você sabe que o último tiro ou o último saque é o ponto mais importante, a briga fica mais intensa”, completou.

Após quase um mês de pausa, a Fórmula 1 retorna no dia 26 de agosto, às 10h10 (horário de Brasília), com o Grande Prêmio da Bélgica. O líder do mundial de pilotos é Lewis Hamilton, com 213 pontos, contra 189 do segundo colocado, Sebastian Vettel.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *