F1: Hamilton diz que Cingapura é mais difícil que Mônaco

Dono do melhor tempo nos treinos livres realizados nesta sexta-feira a bordo de sua McLaren, Lewis Hamilton disse que o circuito de Cingapura é duas vezes mais difícil que a pista de Mônaco.

“É um circuito muito físico – mais do que eu esperava, na verdade. Você precisa trabalhar muito o carro para fazer uma boa volta. Eu diria que requer o dobro de energia de Mônaco em uma única volta”, comparou.


Como a maioria dos pilotos, o britânico disse que o trajeto de rua tem alguns pontos de instabilidade, mas classificou o circuito como “incrível”.


“Na minha primeira volta rápida, eu consegui encontrar um traçado decente, mas o carro ainda saía de traseira em alguns lugares”, explicou o britânico.


“Eu consegui ficar mais confortável com o carro. Minha primeira impressão foi que a pista tinha muita aderência, então você pode brecar mais tarde nas curvas de baixa velocidade”, analisou Hamilton.


Heikki Kovalainen, o quarto mais rápido do dia, admitiu que estava preocupado com a entrada dos boxes e também reclamou da instabilidade. Por outro lado, ele não deixou de elogiar a pista.


“Para ser honesto, correr sob luzes não foi realmente um problema. Pode ser difícil se um piloto decidir entrar nos boxes no último minuto. Entretanto, todo o restante sobre a pista está bom”, afirmou.


Fonte: Terra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *