F1: Hamilton diz que correrá menos riscos na China

Embora garanta que disputará o Grande Prêmio da China pensando na vitória, o inglês Lewis Hamilton diz que não correrá grandes riscos durante a prova, que pode decidir a seu favor a temporada 2008 da Fórmula 1.

Único piloto que tem chances de faturar o título do Mundial de Pilotos por antecipação, Hamilton afirma que essa possibilidade não o fará tomar atitudes precipitadas na prova a ser disputada no próximo domingo em Xangai.


“Eu não entrarei nesta corrida dizendo ‘isto tem que ser feito agora'”, disse o piloto que dominou os primeiros treinos livres na China. “Minha mentalidade não é de vencer o campeonato aqui. No ano passado eu pensava que seria mais fácil de conseguir isso e agora estou atento para o fato de ter mais duas etapas. É importante terminarmos as duas”, completou.


Desse modo, Hamilton parece ter sido afetado pelas críticas recebidas ao fim do Grande Prêmio da China, no qual largou na pole position, porém terminou em 12º após se envolver em acidentes com Kimi Raikkonen e Felipe Massa.


“Eu só quero me redimir da última semana. Atacaremos o máximo possível para vencer a corrida, mas não tomaremos riscos. Se eu estiver em uma posição de ganhar muitos pontos e for inútil arriscar para fazer uma manobra, então não a farei”, disse.


Perguntado sobre o seu desempenho no primeiro dia de trabalhos em Xangai, em que foi o mais rápido nas duas sessões de testes, o inglês elogiou o rendimento da McLaren, mas ressaltou que isso não o coloca como favorito para subir ao ponto mais alto do pódio.


“Esta é a melhor maneira possível para iniciar o fim de semana e me dá uma confiança extra para os próximos dias: sinto-me em um lugar muito bom”, afirmou o líder do Mundial, antes de se mostrar mais cauteloso. “É sempre importante ser rápido, contudo não necessariamente o carro mais veloz é o que vence”, concluiu.


Fonte:Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *