F1: Hamilton diz que não ficou feliz por falha da Ferrari

Não fosse a falha da Ferrari no primeiro reabastecimento de Felipe Massa no Grande Prêmio de Cingapura, Lewis Hamilton poderia estar atrás do brasileiro na classificação do Mundial. Entretanto, o inglês garante que “não sentiu alegria” no momento em que viu o carro do adversário parado no fim do pit lane do circuito de Marina Bay.

Mostrando um grande rendimento em Cingapura, Massa não só garantiu a pole como liderava com tranqüilidade até que o acidente de Nelsinho Piquet provocou a entrada do safety car. Foi nesse momento que um erro no pit stop tirou qualquer chance de vitória do brasileiro e deixou o caminho livre para Hamilton abrir sete pontos de vantagem no campeonato.


“Não senti nenhuma alegria quando vi que Massa tinha um problema”, garantiu ele em entrevista ao diário The Sun. “Eu apenas pensei: ‘ele provavelmente terá muita sorte e de algum jeito conseguirá marcar pontos’. Nem por um segundo disse para mim mesmo: ‘isso é ótimo'”, assegura o piloto da McLaren.


Já na análise de sua performance no Grande Prêmio realizado no último domingo, Hamilton não se mostrou satisfeito, embora tenha admitido que sua tranqüilidade aumentou, uma vez que até mesmo Kimi Raikkonen não conseguiu chegar à zona de pontuação.


“Não foi brilhante em Cingapura, senti que tive com azar, pois fiquei preso atrás de David Coulthard por muito tempo e ele estava marcando pontos. Então, queria um bom resultado”, disse, antes de colocar o foco na vantagem que agora ostenta na classificação geral. “Eu só me concentrei em trazer o carro para casa e foi bom cruzar a linha de chegada sabendo que nenhuma Ferrari havia marcado pontos”.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *