F1: Hamilton pede desculpas a Felipe Massa e a Pastor Maldonado

De cabeça mais fria, o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, reconheceu, nesta segunda-feira, que suas ações no domingo, durante o Grande Prêmio de Mônaco, foram erradas. O piloto pediu desculpas a Felipe Massa, da Ferrari, e a Pastor Maldonado, da Williams.

Em má fase, o campeão mundial de 2008 abusou em suas ultrapassagens, acabou prejudicando seus adversários e recebeu punições dos comissários. Além disso, após a prova, ironizou as críticas dos oponentes e as posições dos comissários.

Nesta segunda-feira, porém, Hamilton – que, em seis circuitos em 2011, na Turquia, venceu apenas um – tratou de pedir desculpas.

“Para Massa e Maldonado, com todo o respeito do mundo, peço desculpas se os ofendi. Ambos são pilotos fantásticos que eu os admiro muito. Pessoal, gostaria de me desculpar pela performance nas quatro últimas semanas e também pelos meus comentários depois das corridas. Nunca quis ofender ninguém”, postou em sua conta no twitter.

O episódio mais polêmico protagonizado por Hamilton no final de semana foi, ao ser questionado se estava sendo perseguido, ter respondido insinuando estar sofrendo racismo. “É uma piada absurda. Talvez por eu ser negro”.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *