F1: Hispania estaria ‘cobrando’ R$ 22 milhões por vaga

Segundo jornal alemão, equipe está vendendo assento restante

A presença de pilotos pagantes está cada vez mais comum na Fórmula 1. Segundo o jornal alemão “Bild”, para um piloto conseguir a vaga restante da Hispania precisa pagar 10 milhões de euros (cerca de R$ 22,4 milhões).

De acordo com a publicação, Christian Klien, Davide Valsecchi e Pedro de la Rosa estão disputando a vaga na equipe ao lado de Narain Karthikeyan, que conta com a ajuda do conglomerado indiano Tata.

Entretanto, Colin Kolles, chefe da equipe, negou que o assento esteja sendo vendido para quem pagar mais.

– Ninguém precisa vir com uma mala cheia de dinheiro. Será o suficiente ter as garantias do patrocinador. Não somos os únicos a fazer isso – explicou.

Segundo o “Bild”, o valor de 10 milhões de euros representa um terço do orçamento inteiro da Hispania.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *