F1 Historic: Peter Sowerby vence a terceira consecutiva

O inglês Peter Sowerby, num Williams FW07C/14 da Colin Bennett Racing, venceu no domingo (05/08), o GP da Hungria, em Hungaroring, 6º etapa do FIA F1 Historic Championship. Foi a terceira vitória consecutiva de Sowerby no ano. O espanhol Joaquim Folch, num Brabham BT49C/10 da Kumschick Historic Racing foi o 2º, seguido pelo inglês Steve Hartley num Arrows A6 da Mirage Motorsport.

Pela terceira vez em quatro anos, os carros históricos da F-1 fizeram parte da programação do Campeonato Mundial de F-1. As atividades pré-corrida foram intensas, com quatro carros históricos andando pelas ruas de Budapeste, junto com os carros da Toro Rosso e Red Bull. O austríaco Gehard Berger, ídolo das pistas nas décadas de 80 e 90, guiou um McLaren MP4, para o delírio de vinte mil pessoas. A Red Bull air race também fez parte da programação.


Vinte e um carros participaram dos dois treinos para a formação do grid de largada. Sowerby marcou a pole com 1m38s774, com Folch fechando a primeira fila. O suíço Hubertus Bahlsen, num Arrows A4/3 da Kohler Garage, em 3º, seguido por Hartley. 


O brasileiro Abba Kogan, num Williams FW06/2 da Hall & Hall, marcou o 11º tempo. Na sexta o brasileiro teve problemas na caixa de marchas. E no sábado teve o motor DFV, novo em folha, trocado no fim da tarde, devido a problemas no propulsor. O italiano Rick Carlino, num Surtees TS9B-06, fazendo sua estréia no campeonato, fez o 20º tempo.


O tempo de Sowerby, num carro de 25 anos atrás, foi 19 segundos mais lento, do que o do espanhol Fernando Alonso, o pole no GP da Hungria de F-1.


O domingo amanheceu com nuvens e uma leve chuva. O chefão da F-1, Bernie Ecclestone, passeou pelo grid, junto com o promotor da prova, Thomas Franck e brincou com Colin Bennett, chefe da equipe de Folch e Sowerby, o motivo do “seu” carro não estar na pole.


Hubertus Bahlsen fez uma ótima largada, passando Folch e Sowerby, assumindo a liderança. Na primeira curva, Sowerby errou uma marcha, perdendo três posições. Kogan, num final de semana de muito azar, abandonou logo primeira volta, depois de um acidente com o inglês Peter Dunn num March 761. Dunn abandonou na hora, com a suspensão quebrada. Kogan ainda chegou aos boxes.


Na segunda volta, na curva 12, o motor do Tyrrell 008, da alemã Andrea Bahlsen, explodiu, derramando óleo pela pista, até ela chegar aos pits. Ironicamente seu marido, Hubertus Bahlsen, rodou no óleo derramado, indo parar na grama. Folch, que vinha nove segundo atrás, também rodou na mesma curva. Ambos conseguiram manter os motores funcionando, mas perderam muitas posições.


Sowerby assumiu a ponta da corrida, seguido pelo inglês Richard Eyre, num Williams FW08/3 da RJM Motorsport, e Hartley. Com Eyre e Hartley lutando pela segunda posição, Sowerby marcou a melhor volta, abrindo trinta segundos de vantagem na frente.


Folch e Bahlsen passaram a recuperar posições. Eyre, com problemas na quarta marcha, foi superado pelo espanhol e o alemão. Folch colou no Arrows A6 de Hartley, na luta pela vice-liderança, com os dois fazendo uma intensa batalha pela posição. Nas últimas voltas os carros ficaram lado a lado, com Folch passando o inglês, que não desistiu da batalha. Mas devido ao horário do GP de F-1, a prova foi reduzida em uma volta, frustrando Hartley, que terminou em 3º. Sowerby venceu com 32s175 de vantagem para Folch.


Hartley lidera o campeonato com 61 pontos. O vice-líder, Mauro Pane, sétimo na prova, tem 59 pontos. Kogan, com 27 pontos, é o 8º colocado.


A próxima etapa acontece no dia 26 de agosto, em Spa-Francorchamps.


Final:
1  P. Sowerby GBR  Williams FW07C/14  C Colin Bennett Racing   14 voltas em 24’02.927  
2  J. Folch ESP  Brabham BT49C/10  C  Kumschick Historic Racing    + 32.175     
3  S. Hartley GBR  Arrows A6  D  Mirage Motorsport    + 34.852   
4  H. Bahlsen SUI Arrows A4/3  C   Kohler Garage    + 42.894   
5   R. Eyre GBR Williams FW08/3  C  RJM Motorsport    + 48.279     
6  D. Collins GBR Lotus 88  C  Classic Team Lotus   + 65.633   
7  M. Pane ITA Tyrrell P34  B   F1 Storiche    + 78.369 
8  D. Abbott GBR Ensign N180  C  Mirage Engineering    + 92.990    
9  P. Wuensch ALE Wolf WR1/2  B   Hall & Hall    + 94.087
10  R. Gallego POR Minardi F1-185  D  MEC Auto    + 1 volta 
11  T. Smith GBR Williams FW06/4  B  GF Racing    1 volta  
12  T. Sayles GBR Osella FA1 C/D  D   John’s Racing Team    + 1 volta
13  J. Delane GBR Tyrrell 001  A  Hall & Hall    + 1 volta  
14  M. Baudoin FRA Hesketh 308E-5  B  + 2 voltas
 
Não Classificados:
 
P. D’Aubreby FRA Tyrrell 012-6  D  4 voltas
R. Carlino ITA Surtees TS9B-06  A  3 voltas
A. Bahlsen ALE Tyrrell 008  B  1 volta    
A. Kogan BRA   Williams FW06/2  B  Brazil Hall & Hall    1 volta
P.Dunn GBR  March 761/4  B 0 volta


Volta mais rápida:        
P. Sowerby  Williams FW07C/14    1:40.598    8º volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *