F1: “Hoje era dia de catar pontos e foi o que fiz”, diz Button

Cada vez mais próximo de se tornar campeão mundial de Fórmula 1 da temporada de 2009, o inglês Jenson Button reconheceu neste domingo, após terminar o Grande Prêmio do Japão na oitava colocação, que sua Brawn GP estava abaixo do esperado no circuito de Suzuka. Assim, justificou a postura defensiva que tomou desde o início, correndo poucos riscos e fazendo uma corrida segura.

Após somar mais um ponto na luta pelo título e ver seu principal perseguidor, Rubens Barrichello, ficar apenas um posto na sua frente, o líder do campeonato admitiu que seu objetivo era somar pontos e que a meta foi atingida com a oitava posição.

Hoje era dia de catar pontos e foi o que fiz. Meu ritmo de corrida era bom e foi uma pena ficar preso atrás de alguns carros mais lentos – comentou o inglês – que largou em 11º e ganhou uma posição ao ultrapassar Robert Kubica na quarta volta e mais duas após uma colisão entre Adrian Sutil e Heikki Kovalainen.

Com o ponto somado no circuito japonês, o inglês da Brawn precisa apenas de seis nas últimas duas provas do ano, já que Sebastian Vettel, o vencedor da prova, está 16 pontos atrás dele e Rubens Barrichello, o sétimo, tem 14 pontos de desvantagem.

Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *