F1: Honda deve ser salva com 22 milhões de euros de Petrobras e Embratel

De acordo com matéria do conceituado jornal britânico The Guardian, a equipe Honda disputará pelo menos as quatro primeiras corridas do Mundial 2009 de Fórmula 1 com os pilotos Jenson Button e Bruno Senna ao volante dos carros.

O orçamento necessário para isso viria dos patrocinadores brasileiros de Senna. A saber: Embratel e Petrobras. As duas companhias, destacadas nas áreas de telecomunicações e energia no país, desembolsariam algo como $ 22 milhões de euros através de Bruno.

Como sugerem as especulações que circulam por toda a Europa, o anúncio oficial do projeto estaria prestes a ser feito. As quatro primeiras corridas de 2009 na Fórmula 1 acontecem no Oriente: Austrália, China, Malásia e no Bahrein.

O The Guardian também traz a palavra de Bernie Ecclestone, todo-poderoso da categoria, que afirma estar confiante no negócio: “Estou confiante de que a Honda estará na primeira prova. Mas, prefiro não comentar como vamos acertar essa situação”.

“Estamos otimistas com relação ao nosso futuro. Porém, não podemos comentar mais nada nesse momento”, disse um porta-voz da Honda para a imprensa britânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *