F1: Honda não obtém sucesso com novo pacote aerodinâmico

A Honda esperava que o novo pacote aerodinâmico pudesse melhorar o rendimento do RA108, mas não foi isso o que se viu nos primeiros treinos livres para o Grande Prêmio da Hungria, realizados nesta sexta-feira.

Na estréia oficial das novidades, tanto Rubens Barrichello quanto Jenson Button falharam na tentativa de tirar o carro das últimas posições.


Entre as novas introduções, que já haviam sido experimentadas nos testes coletivos da F-1 em Jerez de la Frontera, na semana passada, destaca-se a nova suspensão, além de melhorias na parte aerodinâmica.


No circuito de Hungaroring, porém, o que seria solução transformou-se em preocupação: Barrichello foi o 19º nos tempos combinados das duas sessões de testes, três posições atrás de Button.


Questionado sobre a ineficiência das mudanças, o piloto brasileiro admitiu as dificuldades encontradas. “Hoje (sexta) foi um dia exigente, em que esperávamos continuar com o trabalho de acerto com nossa suspensão traseira e as novas peças. Infelizmente nós tivemos problemas e precisamos analisar atentamente os dados porque as chances de ultrapassagem na corrida são pequenas”, afirmou.


Por sua vez, Button afirmou que ainda é necessário mais tempo para entender melhor as novidades. “Realizamos algumas mudanças positivas depois do treino da manhã para melhorar o carro, já que eu não estava satisfeito com o equilíbrio. Nesta tarde (horário local) o carro já esteve mais receptível, mas temos muito trabalho a fazer ainda”, concluiu o piloto.



Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *