F1: Inspeção na pista, o segredo do pole Webber

Dono da primeira colocação no grid de largada para o GP da Malásia, Mark Webber foi 1s3 mais rápido que o segundo colocado, Nico Rosberg. Tal façanha se tornou possível porque o representante da Red Bull foi o único piloto a arriscar correr a Super Pole com pneus intermediários.

De acordo com ele, a decisão foi tomada minutos antes de se reiniciar a sessão, na qual os outros nove competidores saíram com compostos para chuva. “Os mecânicos me pediram para inspecionar a pista para decidir se era viável colocar pneus intermediários. Achamos que sim e acertamos”, comemorou.

O australiano fez questão de ressaltar que a decisão foi coletiva, mas citou nominalmente seu engenheiro, Ciaron Pilbeam. “Não sabia se eu era o único que tinha feito isso, se era a única “ovelha negra””, brincou o piloto. “Em alguns pontos, este era o pneu certo, mas em outros havia o risco de sair da pista”, contou.

Justamente por estar ciente das dificuldades, Webber não condenou os pilotos que foram mal neste sábado, como as duplas da Ferrari e McLaren. “Não vou jogar ovos em ninguém, era fácil errar. No Q2, por exemplo, a gente precisava de uma canoa porque chegamos a andar a 40, 50 km/h… foi muito, muito complicado”, admitiu.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *