F1: José-Froilán González falece aos 90 anos

O argentino foi o primeiro piloto a vencer um Grande Prêmio de F-1, pilotando uma Ferrari.

O argentino José-Froilán González faleceu neste sábado (15/06), aos 90 anos, em Arrecifes, Província de Buenos Aires, na Argentina. A notícia foi confirmada pelos familiares.

González, nascido em Arrecifes no dia 05 de outubro de 1922, foi para a Europa no final da década de 1940, como um dos pilotos argentinos apoiados pelo Governo Perón, através do Automovel Clube Argentino. 

Estreou na F-1 no GP de Mônaco de 1950, com uma Maserati da Scuderia Achille Varzi (que tinha ligações com o ACA). No ano seguinte estreou como piloto oficial da Ferrari, no GP da França.

Naquele ano conquistou a primeira vitória da Escuderia Italiana na F-1, ao vencer o GP da Inglaterra. Após defender a equipe oficial da Maserati em 1952 e 1953, retornou Ferrari em 1954, vencendo novamente o GP da Inglaterra. No final do ano, ficou com o vice-campeonato, atrás do compatriota Juan Manuel Fangio.

Após 1954, fez apenas mais participações esporádicas na F-1, terminando em segundo no GP da Argentina de 1955, pela Ferrari.

Sua última prova aconteceu em 1960, o GP da Argentina. Com uma Ferrari D246, terminou na décima posição.

El Cabezón, como era conhecido pelos amigos pilotos, disputou 26 GPs, com duas vitórias, sete segundos e seis terceiros. Marcou três poles e seis melhores voltas.

Durante o Grande Premio britânico de 2011, González foi homenageado pela Ferrari e pela FIA, pela primeira vitória com a escuderia italiana na Fórmula 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *