F1: Kimi passará por cirurgia nas costas e perde provas dos EUA e Brasil

O piloto finlandês Kimi Raikkonen não participará dos Grandes Prêmios dos Estados Unidos e do Brasil de Fórmula 1, últimas duas etapas da temporada. Sofrendo com muitas dores nas costas, ele passará por uma cirurgia para sanar o problema e chegar em boa forma à próxima temporada.

Desta forma, Raikkonen já encerrou sua passagem pela equipe Lotus, já que em 2014 será companheiro de Fernando Alonso na Ferrari. O finlandês teve papel importante na ascensão do time nos últimos dois anos, mas o atraso no pagamento dos salários desta temporada acabou contribuindo para que o piloto retornasse ao time italiano.

O finlandês cogitou publicamente nem disputar o Grande Prêmio de Abu Dhabi, no último fim de semana, se a Lotus não demonstrasse intenção de pagar parte do que lhe é devido. Após acordo com os investidores do time, ele foi normalmente à pista.

“Em um mundo ideal, seria bom terminar a temporada com a Lotus nos dos últimos Grandes Prêmios. Entretanto, por conta das dores intensas que Kimi está sentido, infelizmente não é possível”, afirmou o empresário do finlandês, Steve Robertson, ao site da revista britânica Autosport.

Kimi sofreu com fortes dores nas costas durante grande parte da temporada, mas tem enfrentado maiores problemas desde o GP de Cingapura, do qual só aceitou participar depois de receber uma injeção de cortisona. Em vez de viajar para os Estados Unidos com o restante da F-1, o finlandês irá para Salzburgo, onde será submetido à cirurgia.

Com a ausência de Kimi, a Lotus tem poucos dias para decidir seu substituto para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, em Austin. Reserva da equipe, o italiano Davide Valsecchi é quem tem mais chances de ser escolhido para ocupar o posto do finlandês.

Fonte: GazataEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *